Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Quero que saiba..

Me de a mão vamos caminhando na constelação ,
saltando no espaço em meio ao vão ,aqui todas as estrelas são suas meu bem, vamos a Vénus e Júpiter Também.




Se vista de flores e venha até mim,
já paira no ar teu cheiro de jasmim,
morda os lábios e me enlouqueça
rasga o véu do céu sobre a minha cabeça .



Quero que hoje ao dormir oh princesa,
feche os olhos e tenha a certeza,
que no mundo inteiro
és a mais amada,
e em meio de tantas a minha estrada,
nada se iguala ao meu amor,
a esses traços sensuais que só
este teu corpo tem,
corpo que agora desenho,entrelaçado com meu.



Você caminha conforme meus passos,
você dança na batida ofegante do meu coração ,
tens um balsamo nas mãos,
carrega as praias mais belas no olhar,
Ah,os potes de ouro
não se encontram ao fim do arco Íris,
mais sim a cada fio de cabelo dourado teu!



Quero escorregar minha mão na sua cintura,
quero te abraçar sem medo com ternura!
quero ir mordendo teus lábios assim..lenta!
quanto mais eu beijo mais o beijo aumenta!



Eu ficaria trancada numa cova
como Daniel e os leões ,
até arrancaria forças de meu interior
como a de Sansão ,Tudo para manter a exótica mistura
do teu perfume com o meu,Tudo para encantar a filha de Zeus,
nem os anjos carregam tanta inocência no olhar, toda a paz ausente no mundo, estão no brilho destes olhos!



Quero que hoje ao dormir oh princesa,
feche os olhos e tenha a certeza,
entre tantas que há na Terra
você é a mais bela.



Rebecca Morac.

domingo, 8 de maio de 2011

Tudo bem..

Sim!Estou bem
exceto pelo tédio que paira no espaço ,
Fora o desprazer de respirar,
fora as horas mal vividas de minha vida..
Fora as magoas diarias,
Fora a pobreza instalada,
Fora o luto na favela, a injustiça do pais,
a Barriga vazia,
Fora as armas de fogo ..


Estou bem,posso ate sorrir..reprimindo minhas feridas abertas
e o grito preso na garganta, mesmo que a minha arte esteja sendo prejudicada
com essa fama de louca e dissimulada..Estou bem!
Fora minha sensibilidade aflorada,
Fora as ambições e necessidades que nos robotizam cada vez mais,
Fora aquela agonia e inquietude,
Fora a sensação de asfixia
numa dimensão de tristeza elevada de mais
para uma só noite..

Ignorando meu fracasso,
meu silencio,quando o que eu queria era confessar
gritar publicamente o que trago em mente...
Fora a ausencia do encanto..
o meu orgulho,a minha necessidade de me afastar discretamente
pela porta de saida e nao voltar jamais.

Fora o preconceito,a violencia,
o medo de andar sozinho a noite,
Fora a falta de amor ,
e o temor a Deus..


Fora o ruído das maquinas que cansam,materializam,afastam a alma,
Fora minha indecisão e a Futilidade a cada sorriso mecanizado.
Fora a dor no peito e a vontade de chorar!
Fora isso..tudo isso.
Eu estou bem sim.
e você?


Rebecca Morac.